Overblog Suivre ce blog
Editer la page Administration Créer mon blog
/ / /

 Herbert de Souza e Antonio Veronese

      Herbert de Soza e Antonio Veronese nas Naçoes Unidas, diante do painel Povos do Mundo-Nova York 1994



“São extraordinarias  a luta e obra de Antonio Veronese para diminuir a violência
contra jovens no Rio de Janeiro”- Hillary Clinton, primeira dama dos Estados Unidos- 1997


“Seus rostos traçam um perfil angustiante do país. Um inventário definitivo
desses nossos tempos de cólera”. Jornal do Brasil



“Mais uma vez Antonio Veronese põe seu talento à serviço da luta pela redenção social do país”.
Informe JB- Jornal do Brasil- 4-8-1996

 
“Ao recolher meninos infratores em seu atelier, Veronese os transforma simplesmente em meninos. Quando os ensina a pintar, transforma-os em artistas.” Antonio Callado

DSCF7295.JPG


“Com a exposição Veronese e os Meninos Infratores, Antonio Veronese conquistou, definitivamente, lugar de destaque entre os expoentes da arte nacional”- Revista Mulher de Hoje- Bloch Editores 1997




“Espero que a obra do extraordinário Antonio Veronese, hoje instalada nesta casa, possa contribuir para que Sua Excelência, o Senhor Presidente da República, compreenda a natureza do movimento dos Sem-Terra.’ Senador Eduardo Suplicy- Discurso no Senado Federal- 4-9-96



 
“Fiquei encantada e espero que tenham reconhecido a importância do trabalho de Antonio Veronese” -Jornalista Marília Gabriela

DSCF0539.JPG

“Por sua profunda identificação com seu tempo, o painel “Famine” de Antonio Veronese é uma obra definitiva na pintura brasileira” Anita Schwartz- Galeria Anita Schwartz- Rio



A pintura do Veronese pega a gente pelos olhos e bate fundo no estômago” Jô Soares no programa Jô Onze e Meia




“Os rostos de Veronese mostram um domínio absoluto da expressão humana; traços fortes do pincel de um grande pintor” Edgard Azevedo- Galeria Contorno- Rio 

 

DSCF9995.JPG

 

“Antonio Veronese: sucesso da arte brasileira em Paris”  Veja

 

“A pintura de Antonio Veronese é um inventário definitivo desses nossos tempos de cólera.”

“La peinture de Véronèse est un inventaire définitif  de ces temps de choléra. » Jornal do Brasil-Rio de Janeiro

 

“A exposição de Antonio Veronese no Congresso Nacional é uma cotovelada na classe política.”

“L´exposition de Antonio Véronèse au Parlement est un coup de pied à la classe politique » O Estado de São Paulo

  

 

 

suite sistine 3


“Veronese evita a esquerda e a direita e vive uma experiência radical-chique  na expressão cunhada por Tom Wolff para classificar intelectuais  que apóiam movimentos sociais.”

“Véronèse évite la gauche et la droite  pour vivre une expérience  ”radicale-chic”, suivant l´expression de Tom Wolff  pour définir les intellectuels qui soutiennent  les mouvements sociaux » O Globo- Rio de Janeiro

 

“Pintura marcada pela delicadeza e sensibilidade. Qualquer coisa de pessoal, com um toque de espontaneidade nos rostos. Únicos, ainda que dentro de um processo de repetição buscado pelo artista. Um por todos, todos juntos. Rostos de um mundo hostil. Marginal…”

” Des tableaux marqués par la souplesse et la sensibilité. Quelque chose de personnel, une touche de spontanéité des visages. Uniques et pris aussi dans les processus voulu par l´artiste de la répétition. Un pour tous et tous ensembles. Des visages d´un monde âpre. A la marge…” Le Figaro-Paris

 

“Antonio Veronese, um velho militante… reafirma  sua posição como um dos modelos do novo engajamento nas artes”

“Antonio Véronèse, un ancien militant… réaffirme sa position comme un des modèles de nouvel engagement dans les arts plastiques » O Globo-Rio de Janeiro

  


Suite Sistina 2


“Manifestos de Veronese ganham novo olhar em Paris”

“Les manifestes de Véronèse ont gagné un nouveau regard à Paris » Folha de São Paulo

 

 

“Veronese revive com garra a linguagem do expressionismo…e nos oferece um contundente registro plástico das ruas do Rio.”
« Véronèse revisite avec  audace le langage expressionniste et nous offre un confondant  inventaire plastique des rues de Mário Margutti-Jornal do Comércio-Rio de Janeiro

 

“Il garde une cicatrice invisible enfouie dans sa mémoire visuelle, qui se reflète à travers ses oeuvres… j’ ai  immédiatement été séduite par ces visages au regards intenses…

“Ele guarda uma cicatriz invisivel  na sua memoria visual, que se reflete através de suas obras…eu imediatamente fui seduzida por esse rostos de olhares intensos….’ GLINT MAGAZINE-Paris



“O trabalho de Antonio Veronese é extremamente fascinante, uma experiência belíssima que nós precisamos comunicar ao país”. Francico Weffort-Ministro da  Cultura

 

 

dscf8607

English Page:

http://www.antonioveronese-english.blog.com/5/

Les enfants et les visages


“Seus rostos traçam um perfil angustiante do país. Um inventário definitivo desses nossos tempos de cólera”.

Jornal do Brasil

________________________________




“São notáveis a luta e obra de Antonio Veronese para diminuir a violência
contra jovens no Rio de Janeiro” -Hillary Clinton, primeira dama dos Estados Unidos- 1997

________________________________


“Mais uma vez Antonio Veronese põe seu talento à serviço da luta pela redenção social do país”. Informe JB- Jornal do Brasil- 4-8-1996

________________________________

Veronese reçoive  Danielle Mitterand à la Galerie Celal-


“Ao recolher meninos infratores em seu atelier, Veronese os transforma simplesmente em meninos. Quando os ensina a pintar, transforma-os em artistas.”

Antonio Callado

________________________________


“Com a exposição Veronese e os Meninos Infratores, Antonio Veronese conquistou, definitivamente, lugar de destaque entre os expoentes da arte nacional”

-Revista Mulher de Hoje- Bloch Editores 1997

Exposition au Musée Historique de Saint-Cloud- 2009

________________________________


“Espero que a obra do extraordinário Antonio Veronese, hoje instalada nesta casa, possa contribuir para que Sua Excelência, o Senhor Presidente da República, compreenda a natureza do movimento dos Sem-Terra.

Senador Eduardo Suplicy- Discurso no Senado Federal- 4-9-96

________________________________


Visages du Silence-Paris 2003

“Fiquei encantada e espero que tenham reconhecido a importância do trabalho de Antonio Veronese”

-Jornalista Marília Gabriela

Atelier de Barbizon

_______________________________


“Por sua profunda identificação com seu tempo, o painel “Famine” de Antonio Veronese é uma obra definitiva na pintura brasileira”

-Anita Schwartz- Galeria Anita Schwartz- Rio

Atelier de Barbizon

_______________________________

A pintura do Veronese pega a gente pelos olhos e bate fundo no estômago”

Jô Soares no programa Jô Onze e Meia


Veronese à Barbizon

_________________________


“Os rostos de Veronese mostram um domínio absoluto da expressão humana; traços fortes do pincel de um grande pintor”

Edgard Azevedo- Galeria Contorno- Rio

_________________________


“O trabalho de Antonio Veronese é extremamente fascinante, uma experiência belíssima que nós precisamos comunicar ao país”.

Francisco Weffort-Ministro da Cultura

Avec Boris, le petit prince.

Par antonioveronese.over-blog.com
Ecrire un commentaire
MERCREDI 24 NOVEMBRE 2010



Frases pinçadas de entrevistas de Antonio Veronese


“Mataram o menino por causa de uma embalagem de pão de forma. Três tiros pelas costas, e o bichinho estatelado ali, agarrado ao “panis-nosso-de-cada-dia”’.

___________________________

- “Nào advogo impunidade. Sei que parte desses meninos sofre de tal septicemía moral que tem que ser afastada da sociedade. O que dói é constatar que a imensa maioria deles poderia ser salva mas, apesar disso, está simplesmente sendo jogada no lixo”.

Londres-2008

Meu Rio é o de Carlos Lyra, nao o do comando vermelho-Entrétien à la Radio France-

___________________________

-“O salário semanal de uma criança na colheita do sizal equivale à produção diária de uma cabra. E eu me pergunto: na mais chula da políticas sociais, não dá prá dar uma cabra prá cada família que tem um filho no sizal?’

__________________________

-“Eu dou mil razões pro menino largar o tráfico. Mas  o chefe da boca e dobra a minha oferta no ato!”

Avec Augusto Boal-Unesco ,Paris

___________________________

“A violência carioca é uma forma moderna de luta de classes…”

___________________________

“…a crise carioca é uma crise de inteligência… a elite pensante do Rio  cabe em uma platéia do Canecão.”

Avec Manfredo Souzaneto- Art Paris-2009-Grand Palais

___________________________

“Há mais coisa entre o céu e a terra do que sonha a nossa vã burguesia…”

___________________________

“No Rio, carro blindado virou símbolo de status …”

Famine- Parlement du Brésil-

___________________________

“Nós creditamos nossas mazelas à classe política, mas negamos a re-eleição a Biscaia e fizemos de Maluf o mais votado do país!”

___________________________

” O Rio perdeu a embocadura…quando vejo os vestidinhos de Rosinha sinto uma saudade danada de Nara Leão…”

Art Paris-2009

___________________________

” A eleição desse garotinho é um atestado de provincianismo…”

__________________________

“Uma cidade que sofre o medo cotidianamente é uma cidade derrotada…”

Atelier de Barbizon

__________________________

” …desobediência civil é a única forma de enfrentar a septicemía da violência”

__________________________

“Nossa imprensa está cheia de fast-thinkers ou, como preferem os italianos, de tutólogos: gente que lê as notícias pela manhã, consulta os alfarrábios à tarde, e vomita vã filosofia na edição do dia seguinte”.

Atelier de Barbizon

__________________________

” No Brasil todos temos le devoir de l´insolence…”

Exposition Mairie du 6ème-Paris 2010

__________________________

“No Brasil ser pobre é um fato consumado!”

__________________________

” Nossa elite tem horror à reforma agrária mas sonha em morar na Europa, esquecendo-se que a Europa contemporânea é fruto de uma imensa reforma agrária”

___________________________

“Penso, logo desisto!”

Avec l’équipe CCTV-Chine- Atelier de Barbizon

___________________________

“A crítica, mesmo a mais contundente, é uma forma de amar”

___________________________

” O meu Rio é o de Carlos Lyra, não o do Comando Vermelho!”

___________________________

Atelier de Barbizon

_____________________________________

“O ataque que sofreu a senhora Leila Schuster … ” veja Artigos Publicados em:

www.antonioveronesephotos.blog.com

_____________________________________


”O Rio precisa olhar-se no espelho, pois sentir vergonha já é um bom começo”

Entrevista à Rádio France- Julho 2003

__________________________________

DSC00403

“Manifestos” de Veronese ganham novo olhar em Paris

Betty Milan especial para o jornal Folha de Sao Paulo

Depois de uma primeira exposição em julho na Capela da Humanidade em Paris, “Os Rostos do Silêncio”, que retrata os menores dos presídios brasileiros, Antonio Veronese faz uma segunda exposição neste mês. Por ter tido sucesso de crítica –artigos no “Le Figaro” e no “Le Monde”– bem como sucesso de venda. Dos 61 quadros apresentados, 41 foram vendidos na França.
A mostra abriu na mesma Capela da Humanidade e agora apresenta “Choro”, pequena tela que pertence à rainha Silvia da Suécia e que se transformou num ícone mundial da denúncia da violência contra as crianças no Brasil e no mundo –a tela já esteve em exposição no Canadá, nos Estados Unidos, na Suíça e em Portugal.

Veronese é um pintor autodidata com uma obra considerável.  Trinta exposições individuais, além de painéis e polípticos em lugares chaves : “Save the Children”, nas Nações Unidas, “Tensão no Campo”, no Congresso Nacional, em Brasília, “Dormindo na Rua”, na Universidade de Genebra, “Brasileiros”, no Museu Nacional de Belas Artes do Rio de Janeiro, “Just Kids”, símbolo mundial do Unicef.

A arte de Antonio Veronese é indissociável da vida e, por isso, ele fala da sua pintura como se fosse um manifesto, acrescentando que não é importante as pessoas gostarem dela,  rostos que são a expressão mesma da perplexidade, do medo e da impotência. O que importa para Veronese é a sua arte não passar desapercebida. E ela não passa! O que aconteceu em Paris é a prova incontestável disso. Dela  Tom Jobim já havia dito: ” na pintura de Veronese estão os protagonistas da guerra civil carioca” e Jô Soares declarou que ela “pega pelos olhos e bate fundo no estômago”.

Betty Milan escritora e psicanalista,autora de “A Paixão de Lia” e “Paris Não Acaba Nunca”

Par antonioveronese.over-blog.com
Ecrire un commentaire
MERCREDI 24 NOVEMBRE 2010
Proponho o digníssimo cidadão da foto para o cargo de Secretário de Cultura do Estado do Rio de JaneiroEste senhor visita, com seus dois burros carregados de livros, cidades remotas do país, levando voluntariamente sua sofisticada "carga". Como Secretário de Estado, ele poderia maximizar esta iniciativa e, tenho quase certeza, nunca mais usaria dinheiro do contribuinte para  incentivar o Funk...


BiblioBurro-jpg
 
Par antonioveronese.over-blog.com
Ecrire un commentaire

Partager cette page

Repost 0

Présentation

  • : antonioveronese.over-blog.com
  • : La peinture d'Antonio Veronese
  • Contact

Recherche

Pages

Liens